Project

General

Profile

Atividade #369

Auxiliar a mecânica no teste das novas engrenagens de metal

Added by Onias Castelo Branco over 3 years ago. Updated over 3 years ago.

Status:
Fechada
Priority:
Urgente
Target version:
Start date:
09/13/2017
Due date:
09/16/2017
Spent time:

Description

Propostas de testes a serem feitas:

1) colocar o robô para se mover para frente e para trás em máxima velocidade por um longo período de tempo para testar o desgaste das engrenagens.

2) para testar a resistência do material, a proposta eh acelerar o motor direto na fonte, e então forçar sua parada.

20170916_150617.jpg (4.99 MB) Preview João Guilherme Oliveira Carvalho de Melo, 09/16/2017 06:08 PM

20170916_150625.jpg (4.79 MB) Preview João Guilherme Oliveira Carvalho de Melo, 09/16/2017 06:08 PM

20170916_150519.jpg (4.33 MB) Preview João Guilherme Oliveira Carvalho de Melo, 09/16/2017 06:08 PM

picture563-1.png (521 KB) Preview Luiz Renault Leite Rodrigues, 09/21/2017 09:57 PM

picture505-1.png (50.9 KB) Preview Luis David Peregrino de Farias, 10/04/2017 03:37 PM

20170916 150617 20170916 150625 20170916 150519 Picture563 1 Picture505 1

History

#1 Updated by Onias Castelo Branco over 3 years ago

O código para o primeiro teste dá uma Vr valor 4m/s para frente e para trás e está na branch TesteMecanico.

Quanto ao segundo experimento, a corrente a ser limitada na fonte é de 4A.

#2 Updated by João Guilherme Oliveira Carvalho de Melo over 3 years ago

15/09: Teste sendo realizado apenas com as duas rodas da frente girando em um sentido (para trás).
20:17 - Teste iniciado utilizando a fonte DC limitada em 7.4V e 1A. Padrão de corrente observado em torno de 570mA.
20:50 - Teste pausado (fui comer). Sem alteração.
21:15 - Teste retomado nas mesmas configurações. Sem alteração.
22:20 - Observado que o padrão de corrente subiu para ~610mA e que as rodas ficam mais soltas com o uso. Sem alterações graves.
23:40 - Teste pausado para análise das engrenagens:
- Leve desgastes;
- Deformação apenas em um sentido e desgaste não uniforme nos dentes devido ao empenamento do suporte.
23:40 - Teste finalizado. Conclusão:
- Após mais de 3h de teste não foram observados danos graves e o funcionamento continuou bom, porém alterou a resiliência das engrenagens.
- Resultado satisfatório para reconhecer os possíveis desgastes das engrenagens e seu tipo.

#3 Updated by Luiz Renault Leite Rodrigues over 3 years ago

É possível ilustrar com fotos? Conseguiria colocar as engrenagens em um scanner? A próxima vez que forem na IMBEL podem levar para medir na máquina de metrologia.

#5 Updated by Luiz Renault Leite Rodrigues over 3 years ago

Após o motor esfriar, o perfil de corrente voltou ao inicial?

#6 Updated by Luis David Peregrino de Farias over 3 years ago

Posso testar colocar no scanner da impressora do laboratório para ficar melhor. Os detalhes que percebi foi:
1. Que os dentes se deformaram apenas em um sentido, já que só estavam girando em um...
2. O movimento da engrenagem ficou mais suave, provavelmente onde estava tendo interferência entre as duas engrenagens se desgastou(tinha uma quantidade considerável de pó preto)
3. Dar pra observar no dente da engrenagem interna um brilho quase no fundo do dente e a continuação do dente levemente defasada. Acho que significa que houve cisalhamento no plano que liga a parte do dente da engrenagem interna que está em contato com a engrenagem do motor e o resto do dente.
4.Considerando uma velocidade de 3m/s cada dente sofreu esforço cerca de 23 mil vezes.

Fui muito mal na VE da matéria da VC que vai ter segunda e estava estudando, desculpa a demora.

#7 Updated by Luiz Renault Leite Rodrigues over 3 years ago

Acho interessante colocar no scanner.

#8 Updated by Luis David Peregrino de Farias over 3 years ago

Já posso falar pro Ten Castilho que podemos voltar a produzir as engrenagens?
Além de ter ficado funcionando bem depois do teste, não vejo uma outra solução. Já que não podemos comprar uma engrenagem padronizada devido a distância entre os centros das engrenagens estar errada no suporte. E fabricar em aço poderia não ser possível ou nada prático por causa do elevado tempo de usinagem.

#9 Updated by Luiz Renault Leite Rodrigues over 3 years ago

Não conseguiu colocar no scanner do lab?

#10 Updated by Luis David Peregrino de Farias over 3 years ago

  • File CCI21092017.jpg added

#11 Updated by Luis David Peregrino de Farias over 3 years ago

Ficou melhor de ver. E então, podemos continuar?

#12 Updated by Luiz Renault Leite Rodrigues over 3 years ago

Imagem como deveria ter sido enviada.

Qual foi a posição utilizada como centro dos furos das engrenagens? Qual o diâmetro de broca utilizado?

#13 Updated by Luiz Renault Leite Rodrigues over 3 years ago

O Bozza deverá vir à fábrica amanhã. Tente deixar uma roda com ele para que possa trazer.

#14 Updated by Luiz Renault Leite Rodrigues over 3 years ago

  • File deleted (CCI21092017.jpg)

#15 Updated by Luiz Renault Leite Rodrigues over 3 years ago

Foi realizada alguma lubrificação antes do teste?

#16 Updated by Luis David Peregrino de Farias over 3 years ago

Não foi realizada nenhum tipo de lubrificação capitão. O senhor viu a engrenagem? Deixei com ele na sexta.

#17 Updated by Luiz Renault Leite Rodrigues over 3 years ago

Qual foi a posição utilizada como centro dos furos das engrenagens? Qual o diâmetro de broca utilizado?

Faça um teste lubrificando com pó de grafite e verifique se o ruído diminui.

#18 Updated by Luis David Peregrino de Farias over 3 years ago

Os furos são feitos na primeira fase, então é a fixação ocorre pelo blanque prensado na morsa. Na segunda fase foi utilizado uma castanha. Broca de 0.8 e fresa de 1. Certo.

#19 Updated by Luis David Peregrino de Farias over 3 years ago

E quanto a produção,pode continuar? Ou somente após o teste? Os Diâmetros foram escolhidos pra não deixar sobremetal em parte que tem contato e não usinar em excesso na parte mais fina do dente.

#20 Updated by Luiz Renault Leite Rodrigues over 3 years ago

E a posição do furo? Foi no vértice da engrenagem?

#21 Updated by Luiz Renault Leite Rodrigues over 3 years ago

Fizeram o teste com o pó de grafite?

#22 Updated by Yugo Nihari over 3 years ago

Com pó de grafite fez menos barulho.

#23 Updated by Luiz Renault Leite Rodrigues over 3 years ago

O barulho foi normal, ou ainda está excessivo?

E a posição do furo? Foi no vértice da engrenagem?

#24 Updated by Luis David Peregrino de Farias over 3 years ago

A broca de 0.8 tangencia o final do dente usinando um pouco a mais na parte mais no fundo do dente e deixando um pequeno excesso na parte mais inicial do dente. A fresa é de 1mm

#25 Updated by Luiz Renault Leite Rodrigues over 3 years ago

Isso. Então já está da forma mais otimizada. Pelo que conversei com o Nihari, a lubrificação fez diminuir bastante o ruído. Não acho que exista nada para fazer no momento.
Vamos fabricar o suficiente para 7 robôs.

#26 Updated by Luis David Peregrino de Farias over 3 years ago

Obrigado Capitão, Brasil!

#27 Updated by Onias Castelo Branco over 3 years ago

Capitão, tarefa concluída com sucesso?

#28 Updated by Onias Castelo Branco over 3 years ago

  • Status changed from Em andamento to Resolvida

#29 Updated by Onias Castelo Branco over 3 years ago

  • Status changed from Resolvida to Fechada

Also available in: Atom PDF

Go to top
Add picture from clipboard (Maximum size: 500 MB)